Índice de Artigos

República Federativa
1889 - Ao Presente

 

SEGUNDA REPÚBLICA

(1930 à 1937)

 
srep
 
 

Em 9 de julho de 1932 irrompeu um movimento armado em São Paulo, logo sufocado. A reconstitucionalização do país pôde assim processar-se sem maiores sobressaltos. Nova lei eleitoral estabeleceu o voto feminino, o voto secreto, a representação proporcional dos partidos, a justiça eleitoral e a representação classista, eleita pelos sindicatos. Em 15 de novembro de 1933 reuniram-se 250 deputados eleitos pelo povo e cinqüenta pelas representações de classe, para elaborar a nova constituição republicana, promulgada somente em julho de 1934. Por voto indireto Getúlio Vargas foi eleito presidente da república.

O período, que ficou conhecido como segunda república, ou República Nova, iniciou-se por um crescente movimento de polarização entre correntes extremistas, tal como sucedia na Europa: direitistas e esquerdistas, tendo em seus pólos extremos a Ação Integralista Brasileira, organização ultradireitista dirigida por Plínio Salgado; e os comunistas, agregados na Aliança Nacional Libertadora, sob a presidência de honra de Luís Carlos Prestes, chefe do comunismo no Brasil. Em 1935, explodiu uma revolução comunista em Natal RN e Recife PE, acompanhada pelo Regimento de Infantaria da Praia Vermelha, no Rio de Janeiro. Prontamente dominada, a chamada intentona comunista fortaleceu a extrema-direita.

 

PRESIDENTES
General Augusto Tasso Fragoso 24/10/1930 a 02/11/1930
General João de Deus Menna Barreto
Contra-Almirante José Isaias de Noronha      
Getúlio Dornelles Vargas 03/11/1930 a 09/11/1937

 

Fonte: Antigo site "Nomismatike"