Graduação Nacional

(Cédulas do Brasil 6ª Edição - 2013 - Cláudio Patrick Amato / Irlei Soares das Neves / Júlio Ernesto Schütz)

 

A graduação brasileira mormente utilizada para a classificação das cédulas em relação ao seu estado de conservação difere ligeiramente do internacional, sem portanto deixar de considerar as mesmas premissas. Um número menor de graus é utilizado além da adoção eventual de estados intermediários de classificação, permitindo assim uma análise bem criteriosa do exemplar.

 

 

Estados Básicos

 

FLOR DE ESTAMPA (FE): Equivale à classificação internacional Uncirculated (UNC);

 

SOBERBA (S): Equivale à classificação internacional Extremely Fine (EF ou XF);

 

MUITO BEM CONSERVADA (MBC): Equivale à classificação internacional Very Fine (VF);

 

BEM CONSERVADA (BC): Equivale à classificação internacional Fine (F);

 

REGULAR (R): Equivale à classificação internacional Good (G);

 

UM TANTO GASTA (UTG): Equivale à classificação internacional Poor (PR).

 

 

Equivalência Graduação Nacional / Internacional

 

1 2 3 4 5 6 7 8 9
Internacional PR FF G VG F VF EF AU UNC
Brasil UTG UTG/R R R/BC BC MBC S S/FE FE

 

 

Obs: Existe uma pequena divergência na tabela do catálogo nacional (Cédulas do Brasil 6ª Edição - 2013 - Cláudio Patrick Amato / Irlei Soares das Neves / Júlio Ernesto Schütz) com relação a equivalência do grau BC (Very Good – VG e Fine - F). Neste site, a correspondência considerada será BC para F, acompanhando a referência internacional (Standard Catalog of World Paper Money Modern Issues 1961 Present - 15th Ed. 2009 - George S.Cuhaj).